quinta-feira, novembro 13, 2008

Viu-se o Diabo de botas e correu o mundo inteiro

6 comentários:

Fada sininho disse...

é o que eu digo!! é o Diabo das sete léguas, é o Teodorico Raposo! ali na alcofa leva a camisa de dormir da inglesa que conheceu...onde?? onde??no lugar mágico onde tudo e todos se cruzam:Alexandria!!!
e o Teodorico tem uma madrinha Marilú Patrocinio das Neves Rodrigues, que o educou nos santos preceitos para ele ser um INHO!!
Poupadinho, educadinho, retorcidinho e (do ponto de vista analítico) um reprimido machista! um defensor da moral pública, ou não tivesse ele sido avistado na Falperra a medir e a pesar uma arvore muito suspeita à qual apostou um apendice com a indicação para para abate.
Tudo se conjuga!!
e o mistério da estrada de Santa Marta adensa-se por um lado e deslinda-se por outro!!!
os criticos que venham e digam!!!

Fada sininho disse...

para quem não entender certos formalismos de linguagem aconselha-se a leitura da Reliquia.
Não, não é essa! não estou a falar da Viagra.
Estou a falar da Reliquia do Eça!!

ana disse...

"Je me moque du diable ! Il reçoit les âmes, mais ce n'est pas lui qui les damne." Jean Paul sartre

tacci disse...

Sininho
O Teodorico era um hipócrita, certo, mas seria um reprimido?
Lembra-se do que a Maricoquinhas escreveu na bendita camisa? "Ao meu portuguesinho possante, em lembrança do muito que gozámos..."?
E o Eusebiozinho de os Maias?
Quanto ao Viagra, bom, «- Quem não admirará os progressos deste século?», como pergunta o Eça no conto "Civilização".

tacci disse...

Ana
Como podes citar um escritor ateu, comunista e intelectual ainda por cima?
Não sabes que é por pecados desses que o Senhor Diabo nos leva?

ana disse...

não é ele que nos escolhe...