segunda-feira, fevereiro 26, 2007

Sem título


8 comentários:

Gi disse...

Bom dia Tacci (suponho que a esta hora já não venha até aqui)
Ainda não está tudo como eu gostaria que esivesse, mas já abri um novo espaço, o outro vai ficar como está até eu decidir o que vou fazer.
O nome é o mesmo, o endereço quase igual com uma ligeira digferença. Ainda está em embrião ... mas espero que com o tempo cresça e seja do seu agrado. O registo já deve aqui ficar, é só clicar no meu nome :)

Um beijinho

P.S. Gosto do "ar" da menina, gosto da cores, gosto de tudo .

ana disse...

tem um ar doce a rapariga

tacci disse...

Obrigado, Gi.
Já fui dar uma voltinha de estreia e claro que gostei do que vi.
E para quando um par de quadros seus?
Beijinhos, Gi.

tacci disse...

Olá Anita.
Bem-vinda e, promete-me, não esqueças o caminho.
Todas as personagens que eu desenho tendem a ser doces.
Não tenho aqui o "Adeus às armas", mas lembras-te daquela passagem sobre os muito doces, os muito corajosos e não sei que mais e que o mundo quebra?
Suponho que é um pouco isso.
Um grande abraço.

ana disse...

claro que não esqueço o caminho

tacci disse...

Obrigado.
Um abraço muito apertado, Ana.

badesse disse...

Meu Velho:

Onde viu a bonita menina? Perdeu-lhe o rasto? Seria uma pena.

Abraço

tacci disse...

Olá Sérgio:
Com esta veneranda idade, de bengala e óculos na ponta do nariz, que remédio se não deixar «courrir les voleuses de pommes».
«Ça ne fait pourtant de tort à personne» de les regarder pendant qu'elles courrent. Pas vrai?
Um abraço.
Prometo emendar cada erro três vezes.