quinta-feira, outubro 04, 2007

Free Burma


Esta Senhora chama-se Aung San Suu Kyi.
É prémio Nobel da Paz, mas não é por isso.
Outros já o receberam e, se o mereceram, então também a Academia Sueca os merecia a eles.

Tem um rosto.

Margareth Tatcher, Madeleine Albraigt, Hillary Clinton têm caras. Suu Kyi é diferente.


Já vi rostos como o de Suu Kyi. Não muitos.
A Audrey Hepburn, por exemplo.
Lembram-se do seu rosto, vincado pelos anos, muito longe já da ingénua Natacha de Guerra e Paz? Lembram-se daquele corpinho frágil, devorado, intenso e sereno?

E tão bonita, no entanto.

Teria os seios caídos, magros, esvaziados. A pele, na barriga far-lhe-ia pregas descendentes. O cancro devorava-lhe já as parcas entranhas.

E tão bonita, no entanto.

Quando penso em Free Burma, é em Aung San Suu Kyi que penso. Quero-a livre, a passear pelas ruas de Rangoon, que imagino semeadas de pequeninas lojas e muitas, muitas casas de chá. Para viver serena e apaixonadamente. Para viver como quiser.

7 comentários:

Graza disse...

Tacci

Espero que leve a mal ter feito um post com a história do Pirilampo da Tertúlia, que descobri por mero acaso.

Os meus parabéns pela sua criatividade.
http://rendarroios.blogspot.com/2007/10/portugal-e-o-pirilampo.html

Graza disse...

As minhas desculpas...

Óbviamente; "...que não leve a mal"

ana disse...

Magnífico Tacci! obrigada!

tacci disse...

Graza, não só não levo a mal, como lhe agradeço. O seu post é extremamente simpático e o blog que mantém muito interessante.
Um abraço.

tacci disse...

Anita, ainda bem que gostaste.
Abraços.

Gi disse...

Tacci

A delicadeza com que trata o assunto é bem reflexo da pessoa "bonita" que você é.

Foi o post mais bonito que vi hoje sobre este assunto. Sem qualquer favor. Não os faço.

Um beijnho. É um prazer visitar o seu espaço

tacci disse...

Querida Gi:
Sabe que mais? Para ler um comentário tão bonito como o seu, até apetece fazer muitos mais posts destes. Infelizmente nunca sabemos o que vai sair, não é?
Um beijinho Gi.