segunda-feira, abril 09, 2007

A Gi faz anos (Peça em um acto e uma Cena)

Carlinhos - S'Dona Gi: cá a maralha, heu...
Cão da Direita baixa - Avia-te, man, qu'eu já me piquei outra vez.
Cão do Centro baixo - Não ligues a esse tótó. Anda lá par'diante!
Cão da Db - Tótó eras tu, ó carraçoso!
Carlinhos - Chiu! Ou vocês se portam fininho, ou eu não digo nada e vocês... Heu... atão era assim, S'Dona Gi, a gente vinha cá, tipo deixar-lhe estas florinhas qu'a gente gamámos lá no jardim, enquanto ali o Roscas fintava o jardineiro, e trazíamos também um bolo, qu'era da 'nha Mãe, mas, heu, ali a Sarota não percebeu qu'era p'ra S'Dona Gi e vai, zaca, morfou-o, 'táss'a ver, não deixou nem as velas, queram poucachinhas porque a minha Prima só fez nove anos.
Cão da Esquerda Alta - A Sarota sou eu. Tava baril, tinha creme e tudo! (para os outros:) É agora que eu tenho de pedir desculpa? Eu cá dizia era obrigada!
Carlinhos - Tu ficavas era bic'alada! Heu, atão era assim...
Cão da Ea - Então parabéns, e desculpe lá aquela coisa do bolo...
Cão da Db - Assim é que é! É a aviar! Parabéns, S'Dona Gi.
Cães todos (em coro:) - Parabéns S'Dona Gi,
nesta data querida,
muitas felicidades,
muitos anos de vida...
Carlinhos (indignado) - Não era nada assim, primeiro a gente dizia...
Cães todos, depois mais Carlinhos (em coro) - Hoje é dia de festa,
abanam as nossas caudas,
para menina Gi,
uma salva de palmas...
Todos (menos o Carlinhos) ladram em coro. O Carlinhos bate palmas.
(Cai o Pano)
Ainda se ouve a voz da Sarota:
Sarota (de fora) - Uma salva de palmas é o quê?

11 comentários:

ana disse...

:))))

Anónimo disse...

Vim cá a 1ª vez pela mão da Gi (minha amiga do coração) e voltei hoje pela mesma mão (rimou , mas sem intenção, eheheh)

Achei este texto *****! Parabéns também para si (o calão está demais!!!) Ela vai ficar toda babada!

Fique bem!

Bolacha

tacci disse...

:))))) para ti também, Anita.

tacci disse...

Olá, Bolacha, seja bem-vinda. Também já a conhecia das caixas de comentários da Gi e tenho imenso gosto em vê-la também aqui.
As suas palavras são muito lisonjeiras e espero que a Gi também goste.
Um abraço, Bolacha, e até sempre.

Gi disse...

Se gostei? Adorei!!!!! Não foi no dia nem no seguinte (isto de fazer anos a uma 2ª fª tem muito que se lhe diga :))) ) mas foi hoje e estou aqui com um sorriso de orelha a orelha :O)

Tacci, muito, mas muito obrigada, pelo desenho, pelo texto mas sobretudo pela ternura e amizade que vejo no gesto.

Uma vénia Tacci logo a seguir ao beijinho.

Gi disse...

Só mais uma coisinha...publiquei-o no dia certo :O)

Gi

tacci disse...

Gi, não sabia que fazia anos até ver, logo pela manhã, que tinha declarado a greve. O desenho teve de ser feito um nadinha à pressa, à mesa do almoço, e depois pintado a seguir ao jantar para ainda ir a tempo do dia nove. Ainda bem que gostou, Gi. Se soubesse para onde mandar, oferecia-lhe o original: está muito tosco, mas é seu. Prometo guardar-lho.
Um beijinho de parabéns e que conte mais dois dobros e uma terça, é o que lhe desejo.
(E já agora, eu por cá para lhe ir enviando uns bonequinhos).

Anónimo disse...

Ai volto , volto.
Primeiro porque gosto dos textos que escreve e depois, porque também gosto imenso dos seus "bonecos"... O tempo tem é que ser bem distribuído e às vezes escasseia.

Katé


Bolacha

Morgana disse...

Que belo texto de parabéns, tipo ternuro-divertido! E de facto a Gi, que já é de todos nós, merece! Eu, já vai para mts séculos que não faço anos, aliás, nem sei o que é isso...mas deve ser mt bom, que mais não seja para receber textos destes!

saudações milenares

tacci disse...

Pois é, escasseia, com tudo aquilo que gostávamos de ver e de viver! Mas, ao menos podemos ser como os pardais: vão saltitando, debica aqui, debica ali e quando já são muito velhinhos dizem uns para os outros, «olhai lá que os grãositos que papámos, já ninguém no-los tira!» (Acho que os pardalitos devem falar assim, como se viessem todos da Beira.)Outro abraço, Bolacha.

tacci disse...

Morgana, as emoções autênticas têm de se disfarçar com um pequeno riso, não é?
Obrigado por ter vindo e pelas suas palavras. Quando se resolver a fazer anos outra vez, diga. Se os Deuses deixarem - sabe Deus que eles são ciumentos! - fazemos-lhe um cartãozinho sorridente. Combinado?
Um abraço, Morgana.