quinta-feira, julho 17, 2008

Nunca o invejoso medrou

Pablo Picasso, Jaqueline em trajo de turca, 1955 A inveja é a coisa mais inútil do mundo.
Às vezes é pena.

4 comentários:

gaivota disse...

Já reparou que cá em Portugal traduzimos muitos vezes "envie" por desejo. Será também o desejo uma coisa inútil?

Anónimo disse...

Lol!

tacci disse...

Inveja também se traduz, em francês, por "jalousie", não somente por "envie". Mas eu não sou ciumento: sou apenas "envieux".
Um abraço.

tacci disse...

Meu caro anónimo: pois.
Abraços.